Páginas

13 dezembro 2013

O NOVO ATELIÊ DA CHANEL: MAISON ADQUIRE TRADICIONAL CURTUME FRANCÊS

Fabrica é conhecida pelas melhores peles de cordeiro do mercado

Vanessa Paradis na campanha da Chanel bag - foto: divulgação
Vanessa Paradis na campanha da Chanel bag – foto: divulgação
Chanel tem um novo ateliê para chamar de seu. Em um movimento para garantir futuros suprimentos de couro usado para confeccionar suas icônicas bolsas, a maison adquiriu o curtume francês Bodin-Joyeux, casa fundada em 1860 e responsável pelas peles de cordeiro de marcas como Hermès e Louis Vuitton.
“Usamos mais da metade do que produzem, são um importante fornecedor para nós”, declarou Bruno Pavlovsky, presidente da moda de Chanel. “A ideia é garantir a continuidade da empresa”, completa ele, lembrando que para cada it bag da marca são necessárias de três a quatro peles de carneiro.
O antigo proprietário Frédéric Bodin continua a frente da presidência da casa que controla todo o processo de tingimento do couro garantindo assim uma cartela única de cores. Para celebrar a nova aquisição, Karl Lagerfeld apresenta na próxima terça-feira (10.12), em Dallas, uma séria de bolsas de matelassê feitos com o tal couro. As peças acompanham a coleção pre-fall da maison.
Postar um comentário